Home / DESTAQUE / Com 15 casos, prefeito de Cambuci decreta “lockdown” no município

Com 15 casos, prefeito de Cambuci decreta “lockdown” no município

Com 15 casos confirmados do novo coronavírus até esta sexta-feira (15), o prefeito de Cambuci, Agnaldo Mello (MDB), se tornou o primeiro da Região Noroeste Fluminense a decretar o chamado “lockdown”, em seu município. A medida, considerada extrema, determina o fechamento da cidade e bloqueio de suas vias de acesso.

Diferente do isolamento parcial, adotado pelos vizinhos, como Itaocara e Pádua, por exemplo, onde o comércio de bens e serviços considerados não essenciais estão fechados e as aulas suspensas, o lockdown proíbe, inclusive, a permanência de pessoas nas ruas, praças e bens de uso comum da população. Ou seja, os moradores apenas poderão deixar suas casas para comprar alimentos, remédios ou trabalho (desde que o trabalho esteja ligado a alguma atividade essencial). Os que precisarem sair em caso de necessidade deverão usar máscaras. A regra vale até para quem estiver em veículos entre as 23h e 5h.

 A prefeitura anunciou que haverá bloqueios sanitários e considerará infração punível aqueles que os desrespeitarem. A exceção são moradores do próprio município (desde que portem documentos oficiais com foto e CPF) e trabalhadores vinculados a atividades essenciais. O decreto entra em vigor a partir deste sábado (16) e as medidas vigorarão até 31 de maio.

Da redação da Rádio Natividade/Folha Itaocarense