Home / DESTAQUE / Motorista que morreu após testar positivo para o coronavírus fez entregas em Varre-Sai e distritos de Porciúncula
Caminhoneiro foi atendido na unidade de saúde de Porciúncula

Motorista que morreu após testar positivo para o coronavírus fez entregas em Varre-Sai e distritos de Porciúncula

O motorista de caminhão de uma distribuidora de produtos que deu entrada com parada cardiorrespiratória na Unidade Mista de Saúde na tarde da última quarta-feira (06) e veio a falecer na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, para onde foi transferido após o atendimento de emergência, era parte de pessoas que formam o grupo de risco, segundo informou na tarde desta quinta-feira (07), a Secretaria Municipal de Saúde de Porciúncula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE:

Ele era oriundo de São Fidélis, estava de passagem por Porciúncula quando sentiu-se mal e foi atendido pela equipe de saúde local. Após ser ressuscitado e estabilizado, foi submetido a teste rápido e verificou-se positivo para coronavírus. O ajudante, também morador de São Fidélis, foi testado positivo para a COVID-19 e encaminhado à cidade de origem.

De acordo com a Vigilância em Saúde de São Fidélis, o caminhoneiro não sabia que havia sido infectado pelo vírus e estava assintomático. As autoridades em saúde do município também informaram que o paciente era diabético e hipertenso, e que não é possível afirmar que a Covid-19 foi a causa da morte.

A Superintendente de Vigilância em Saúde de São Fidélis, Hítalla Valentim, explica que toda a família do trabalhador que morreu passou pelo teste rápido, com testagem negativa. Hoje serão feitos testes nos familiares do ajudante. O caminhão em que trabalhavam foi guinchado para São Fidélis, onde passa por desinfecção.

A equipe de saúde que teve contato com os dois casos em Porciúncula, apesar de estar usando todos os equipamentos de proteção individuais (EPIs) foi colocada em isolamento domiciliar por sete dias, e aguarda o tempo para realização da testagem rápida. As dependências da Unidade Mista de Saúde passaram por ampla desinfecção.

Os atendentes da Unidade Mista usam EPIs específicos de forma contínua e o município conta com uma grande estrutura para atendimento à população. “Na região, somos uma das cidades mais preparadas para enfrentar a situação atual. Temos leitos especiais, mas não se trata de UTI, por isso a remoção do motorista para o hospital de Itaperuna com o qual temos convênio”, afirmou o prefeito Leo Coutinho.

Porciúncula conta com cinco leitos isolados em área específica apenas para casos suspeitos ou positivos de COVID-19, contendo respiradores, bomba de infusão, monitor cardíaco e equipe preparada.

Além disso, a Secretaria de Saúde montou a Equipe Sentinela, específica para atuar em casos da pandemia. Esta equipe já identificou os locais que o motorista e o ajudante passaram ontem e já estão em Santa Clara e Purilândia monitorando o comércio e pessoas com quem tiveram contato. A equipe de saúde e vigilância de Varre-Sai, onde o caminhão também fez entregas, foi contatada para providências locais. A administração municipal mantém também uma Central de Atendimento ao CoViD-19, que atende a população nos números (22) 99913.5867 e (22) 99775.0769.

Da redação da Rádio Natividade/Ascom