Home / DESTAQUE / Varre-Sai instala postos de controle sanitário nas entradas da cidade para orientar sobre o coronavírus

Varre-Sai instala postos de controle sanitário nas entradas da cidade para orientar sobre o coronavírus

Como medida de prevenção à proliferação do coronavírus, a Prefeitura de Varre-Sai, através da Secretaria Municipal de Saúde e a Guarda Municipal, instalou dois postos de controle sanitário nas entradas da cidade. Guardas municipais e um funcionário da Secretaria Municipal de Saúde estão atuando no posto localizado na RJ-214, trecho entre Varre-Sai e Guaçuí (ES), na altura do Complexo Esportivo, no bairro Santa Lúcia.

A equipe aborda os veículos, orientando sobre o coronavírus e investigando os casos referentes a pessoas que não moram no município. As orientações são para evitar viagens desnecessárias, lavar sempre as mãos com água e sabão, utilizar álcool em gel; se precisar sair de casa, que vá só um integrante da família; evitar deixar pessoas idosas, diabéticas ou hipertensas saírem de casa.

Quando o carro é de outro município e os ocupantes pretendem ficar em Varre-Sai, a orientação é que se mantenham em isolamento domiciliar por pelo menos uma semana.

” Essa é mais uma forma de buscar a prevenção da entrada do vírus no município e de orientar a população. Aqui em Varre-Sai está acontecendo um fenômeno de chegada de pessoas, vindas dos grandes centros, para se resguardar aqui no município. Isso gera um risco para a nossa população. Então, estamos orientando essas pessoa para que permaneçam isoladas por um período, até que se possa excluir a possibilidade de estarem infectadas”, afirmou o secretário de Saúde de Varre-Sai, Rafael Fabbri Ramos.

Outro posto de controle sanitário funciona na outra entrada da cidade, também na RJ-214, próximo ao Mercado do Produtor, sentido à Natividade. Varre-Sai, ainda aguarda o resultado de exames de dois pacientes notificados como suspeitos. A prefeitura já determinou o fechamento de bares e similares e restringiu o funcionamento de outros segmentos comerciais.

Da redação da Rádio Natividade com informações de Silaine Terra/Decom