Home / NATIVIDADE AGORA / Escritor natividadense lançará livro de memórias em Porciúncula

Escritor natividadense lançará livro de memórias em Porciúncula

O Centro Cultural de Porciúncula, localizado na Antiga Estação Ferroviária da Leopoldina na Av. Alzira Vargas, Centro, Porciúncula – RJ com apoio da Prefeitura Municipal de Porciúncula, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promoverá o lançamento do livro Cutucando a Memória no dia 25 de outubro de 2019, às 19h00min. Toda a venda será revertida para o CIAME/CEAAP de Porciúncula. Durante o evento o livro será vendido a R$ 15,00.

O livro consta de 37 histórias, casos e reflexões organizadas, mais ou menos, numa sequência cronológica da trajetória da vida do autor. Os primeiros lembram sua infância na localidade de Arataca, município de município de Varre-Sai. Os seguintes, os tempos que viveu em Purilândia, município de Porciúncula. As histórias e casos continuam com os anos vividos em Natividade e sua experiência em dois seminários. As histórias, casos e reflexões que vêm em continuidade falam de situações vividas no Rio de Janeiro em companhia de seus tios, no trabalho, na vida e nas aventuras com seus carros. Os demais estão relacionados com tempos vividos em Niterói, Seropédica e Juiz de Fora.

Dizem que a vida traz experiências e vivências. Nos textos, o autor procura refletir sobre elas com imaginação, informação, conhecimentos e aplicá-las em situações vividas.

O autor Sebastião Menezes é de origem rural, vindo do sítio Arataca, saiu em busca do saber; migrou ainda na infância para a pequena vila de Purilândia e depois seguiu para a cidade de Natividade. Disposto a continuar com seus estudos, foi até o Rio de Janeiro onde cursou o ensino médio, a faculdade e fez pós-graduação; casou-se e foi morar em Niterói e, muitos anos depois, em Juiz de Fora. Mesmo distante de suas origens, nunca perdeu o vínculo com seus familiares e com a vida simples do interior. A aposentadoria trouxe como prêmio o retorno a Natividade/Varre-Sai. É de lá que, cutucando a memória, escreveu esses casos e “causos” com a ironia dos anos idos, o humor da luta vencida, a graça de quem não precisa sempre ser verossímil.

Para adquirir um ou mais exemplares do livro os interessados que não puderem comparecer ao evento poderão fazê-lo diretamente no CIAME (Centro Integrado de Atenção ao Menor Especial) ou no CEAAP (Centro de Atendimento ao Autista de Porciúncula). O CIAME e o CEAAP são instituições mantidas exclusivamente pela Prefeitura de Porciúncula e atendem mais de 130 crianças com deficiências intelectuais e múltiplas. Uma grande equipe multidisciplinar realiza um trabalho de excelência para garantir educação, saúde e inclusão social às crianças de Porciúncula.

Fonte: Ascom