Home / ENTREVISTAS / Prestes a completar dois meses de salários atrasados, funcionários do Hospital Natividade realizam protesto

Prestes a completar dois meses de salários atrasados, funcionários do Hospital Natividade realizam protesto

No final da manhã desta terça-feira (30), um grupo de funcionários do Hospital de Natividade, realizou protesto em frente a entrada principal da unidade. Empunhando faixa, na qual pedem o fim de ações políticas na instituição e criticam o Conselho Deliberativo, a quem acusam de omissão.

Eles alegam que o colegiado estava ciente da possibilidade de arguição de impedimento, em caso de eleita, de duas das chapas apresentadas, conforme documento abaixo apresentado pela advogada Rejane Sales de Almeida, uma das concorrentes (veja abaixo datado de 16/04, dia da eleição). Escolhido por cinco dos representantes, o vereador Fabiano França, por ser considerado agente político, segundo entendimento do departamento jurídico da prefeitura, não poderiam presidir o órgão, que ao mesmo tempo recebe repasses de dinheiro público.

Os servidores alertam para o fato de estarem prestes a completar dois meses sem receber salários e pedem que seja aberto canal de comunicação entre uma comissão formada pelos profissionais e o Conselho Deliberativo.

Pouco depois, chegaram ao local, o prefeito Severiano Rezende, acompanhado de assessores – secretário de administração e departamento jurídico – além de Fabiano França, que se reuniram com os funcionários. O clima chegou a ficar tenso e os políticos chegaram a trocar acusações estre si. Uma solução está sendo negociada para repasse dos valores aconteçam ainda hoje.

Da redação da Rádio Natividade – Com reportagem de Vanderson Garcia

Documento na qual candidata alerta sobre a possibilidade de impedimento de duas das chapas concorrentes
Ânimos chegaram a se exaltar entre os políticos