Home / DESTAQUE / Natividade: Aposentada com risco de morte aguarda há cinco dias transferência para CTI

Natividade: Aposentada com risco de morte aguarda há cinco dias transferência para CTI

Desde a última quinta-feira (13), familiares da aposentada Maria das Graças André Alves, de 65 anos, estão enfrentando uma verdadeira Via Crusis. Internada da sala de recuperação do Hospital Natividade, a paciente, de acordo com declaração assinada pelo médico Márcio de Assis Ribeiro, necessita com urgência de transferência para uma unidade de terapia intensiva (CTI), por conta do quadro de insuficiência renal aguda, hipertensão arterial, agravados pela diabetes. Ainda segundo o profissional, Maria das Graças, corre risco de morte, caso permaneça sem as sessões de hemodiálise.

Desesperados, amigos procuraram a Rádio Natividade nesta segunda-feira (17), relatando o caso.

– Essa declaração o médico escreveu para ser levada ao Ministério Público (MP), já que a central de regulação (órgão estadual que controla as internações de alta complexidade), alega não ter vaga. Por sua vez, a Secretaria Municipal de Saúde, diz não poder fazer nada! – destacou preocupada uma amiga da família.

A emissora, não conseguiu contato com a Secretaria de Saúde para comentar. A matéria foi fechada ás 21h, ou seja, fora do horário de expediente da pasta.

Da redação da Rádio Natividade