Home / NATIVIDADE AGORA / Colégio de Varre-Sai e não o município de Natividade, está sendo investigado pelo MP por suposta irregularidade na merenda

Colégio de Varre-Sai e não o município de Natividade, está sendo investigado pelo MP por suposta irregularidade na merenda

Diante de artigo publicado na edição deste último domingo (29), do jornal O Dia, onde são listados os 33 municípios investigados pelo Ministério Público Estadual, por supostas irregularidades no fornecimento de merenda escolar, o jornalismo da Rádio Natividade, procurou o órgão fiscalizador para esclarecer os fatos. É que apesar de o texto não citar Natividade, o infográfico com o mapa do estado (abaixo), aponta a cidade como sendo alvo de investigação, causando inclusive, grande repercussão local.

Em resposta ao pedido de mais informações da emissora, a Coordenadoria de Comunicação do MP, disponibilizou alguns dados sobre os inquéritos em curso. No documento, consta na verdade, que apesar de a origem da apuração ser a Promotoria Pública de Natividade, o objeto da análise, fica na verdade, na vizinha Varre-Sai, que faz parte da Comarca.

Trata-se de investigação iniciada em 29 de novembro de 2017, onde estão sendo levantadas, não o desvio de verbas ou superfaturamento como em outras cidades citadas, mas possíveis falhas na infraestrutura física (instalações) usada na preparação de alimentos de uma unidade estadual, o CIEP 381, Dr. Miguel Couto Filho. Contudo, não foram fornecidos detalhes do caso. Por telefone, o diretor adjunto Vítor Pellegrine, esclareceu que o educandário, de fato, passou por uma vistoria que apontou a necessidade de adequações, mas tais problemas, inclusive, já teriam sido sanados. A unidade acrescentou que irá se manisfestar oficialmente nas próximas horas.

Da redação da Rádio Natividade

Mapa erroneamente coloca Natividade sob suspeita, quando na verdade, a investigação é na vizinha Varre-Sai – Reprodução/O Dia

Documentos  enviados pelo MP à redação da Rádio Natividade, onde aponta Colégio de Varre-Sai como alvo de averiguação