Home / DESTAQUE / Defesa do prefeito e vice de Porciúncula se manifesta sobre cassação de mandatos

Defesa do prefeito e vice de Porciúncula se manifesta sobre cassação de mandatos

A defesa do prefeito de Porciúncula Leonardo Coutinho (PP), e seu vice, Riandro Petruci (DEM), se manifestou sobre a decisão do juiz Juiz Eleitoral Glicério de Angiolis Silva, que lhes cassou os mandatos, por compra de votos, em sentença publicada nesta quarta-feira (25). Em nota, os advogados afirmaram que até então, a dupla não havia sido notificada oficialmente, mas que recorrerão da decisão em seus respectivos cargos.

Leia:

A decisão do Juiz Glicerio de Angiolis Silva, cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral e a chapa não precisará se afastar do cargo até o julgamento do recurso. O processo começou com a acusação da chapa Honestidade e Trabalho que apoiou a Candidata derrotada nas eleições 2016 Mirian Porto. Segundo a denuncia, o na época vereador Riandro Petrucci, teria dado um cano para uma munícipe no mês de maio, antes do início do processo eleitoral e antes do registro eleitoral da chapa Léo e Riandro. O ministério Público Eleitoral acatou a denúncia e deu prosseguimento ao processo mesmo com a desistência da chapa que havia iniciado com a acusação. O prefeito Léo Coutinho e o seu vice Riandro estão confiantes na reversão da decisão, comprovando a inocência da chapa e respeitando assim a honrosa vitória que obtiveram nas urnas com 63,12% dos votos contra 36,88% da adversária que significou uma diferença de 2705 votos de diferença demonstrando o imenso apoio popular às duas jovens lideranças políticas Porciúnculenses. Vale lembrar que como a denúncia é destinada ao Vice-prefeito Riandro Petrucci, em caso de não reversão da pena no recurso da chapa, Léo Coutinho, não perderá seus direitos eleitorais e poderá concorrer novamente em caso de uma nova eleição no município, podendo dar continuidade a sua gestão”.

Da redação da Rádio Natividade

Cassados os mandatos do prefeito e vice de Porciúncula