Home / DESTAQUE / Cassados os mandatos do prefeito e vice de Porciúncula

Cassados os mandatos do prefeito e vice de Porciúncula

O Diário Oficial do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), publicou nesta quarta-feira (25), decisão do juiz Glicério de Angiolis, que cassou os diplomas do prefeito de Porciúncula Leonardo Paes Barreto Coutinho e de seu vice, Riandro Petrucci Pireda, por compra de voto durante as eleições de 2016.

Ao último, o magistrado ainda impôs multa no valor de R$ 17 mil e determinou o envio de ofício ao presidente da Câmara Municipal, Fernando de Souza Filho, o “Fernando do Piu”, na qualidade de substituto constitucional, para que assuma o cargo de Prefeito Municipal, após deliberação da Justiça Eleitoral (2ª instância), onde réus poderão recorrer, nos seus respectivos cargos. A Rádio Natividade tentou contato por telefone, com assessoria de comunicação, departamento jurídico e gabinete da prefeitura, mas ninguém que pudesse comentar sobre o caso foi encontrado.

A acusação:

Trata-se de ação de investigação judicial eleitoral deflagrada pela Coligação Partidária Honestidade e Trabalho e pelo cidadão Adriano Lúcio Guerson Andrade, para averiguação de captação ilícita de sufrágio, representados os cidadãos Riandro Petrucci Pireda e Leonardo Paes Barreto Coutinho, candidatos a vice prefeito e a prefeito do Município de Porciúncula nas Eleições 2016. O então candidato a vice-prefeito, teria supostamente entregado à eleitora Valéria Ribeiro da Silva, material de construção (uma vara de cano) no valor aproximado de R$ 200,00, com a promessa de entrega do restante de dinheiro para conclusão de sua obra, após o dia 05/10/2016, em troca de voto.

Da redação da Rádio Natividade

*Atualização: Ao contrário do que chegou ser publicado inicialmente, os réus, poderão recorrer ao TRE-RJ nos seus respectivos cargos.