Home / NATIVIDADE AGORA / Após polêmica e nota de repúdio de pároco, organizadores adiam evento no distrito de Querendo
Padre Paulo Raimundo - Arquivo/Rádio Natividade

Após polêmica e nota de repúdio de pároco, organizadores adiam evento no distrito de Querendo

Esta semana um evento particular promovido por um grupo de amigos, que há alguns anos já é realizado no distrito de Bom Jesus do Querendo, virou centro de polêmica, principalmente nos meios católicos. Tudo pelo fato de a festa “Miquerendo/2018”, ter sido inicialmente programada para os dias 31/03 e 01/04, Sábado Santo e Domingo da Páscoa, considerados sagrados no calendário da Igreja Romana.

Através de carta aberta, o pároco do Santuário Diocesano Nossa Senhora da Natividade, padre Paulo Raimundo do Carmo, publicou uma nota de repúdio, orientando os fieis a não participarem da micareta, classificada pelo sacerdote como “profanação”. Ele ainda pediu apoio aos pastores evangélicos e poderes executivo e judiciário no sentido de barrar o evento (leia abaixo).

Na noite desta terça-feira (20), diante da repercussão do caso, os organizadores decidiram transferir a data para os dias os dias 06, 07 e 08 de abril, mesma em que será realizada uma feira de comércio/negócios no Centro de Natividade. Também através de nota, um dos organizadores, Alvani da Silva Lima, afirmou “ que em momento algum quis ofender a fé Católica e os mandamentos da igreja, até porque sou católico, respeito minha religião e também a religião dos meus irmãos de todas as igrejas”, – se manifestou.

Da redação da Rádio Natividade

Leia a integra das duas notas:

 

 

CARTA ABERTA DOS ORGANIZADORES DO EVENTO:

Eu, Alvani da Silva Lima, católico e residente na comunidade de Bom Jesus do Querendo, juntamente com a equipe organizadora do Miquerendo, venho a público informar que em momento algum quis ofender a fé Católica e os mandamentos da igreja, até porque sou católico, respeito minha religião e também a religião dos meus irmãos de todas as igrejas. Mas sou um cidadão que amo minha comunidade e estou sempre organizando eventos que alegram a mesma, sempre tendo respeito a todos os seguimentos, uma vez que busco prestar contas ao Sr. Prefeito, secretários, juiz, policiais, bombeiros, recebendo deles autorização para a realização dos mesmos e os devidos cuidados com a ordem durante a realização dos eventos, respeitando, inclusive, os horários das missas. 

Mas quero lembrar que o Miquerendo é um evento que já acontece há um bom tempo e só agora vieram questionar sem nos dar a chance de aparecer e questionar-nos pessoalmente sobre a data, pois estaríamos abertos a discutir, a mudar. Só aproveitamos esta data por ser feriado e recebermos muitos visitantes sempre dentro do maior respeito a tudo e a todos. Também, é muito antigo no Brasil, as Micaremes. O que distoa são atos de pessoas que aparecem para atrapalhar ou pelo menos tentar o que aos olhos dos críticos só aparece o que está errado e não as coisas boas propostas e realizadas. 

Diante disso declaro que em respeito à religiosidade que também é minha, a festa está adiada para os dias 6, 7 e 8 de abril. Onde estão todos convidados a participar, inclusive os religiosos. Por fim, gostaria de pedir desculpas ao Sr Prefeito Severiano e ao Padre Paulo Raimundo do Carmo por quem tenho muito respeito dentro dos ensinamentos religiosos que recebi dos meus pais e da minha igreja. Eu jamais agiria em atitude desrespeitosa. 


Alvani e Equipe.