Home / DESTAQUE / Mulher alega ter sido estuprada pelo primo na zona rural de Varre-Sai

Mulher alega ter sido estuprada pelo primo na zona rural de Varre-Sai

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias de um suposto estupro denunciado por uma mulher de 28 anos, na zona rural de Varre-Sai, na madrugada deste último domingo (18). De acordo com a vítima, ela teria pegado carona com o primo, V.A.S., de 22, que na RJ 214, teria entrado com o carro no meio de uma lavoura de café, próximo do bairro Santa Lúcia e a forçado a manter relações sexuais.

Horas depois, ela acionou o serviço de radiopatrulha do 29º BPM e com o apoio da Guarda Municipal, conduziu a mulher ao pronto socorro municipal, onde passou por atendimento médico. Localizado, o suspeito negou as acusações, alegando que tudo teria acontecido de maneira consensual.

O caso foi parar no plantão de área da 139ª Delegacia de Porciúncula, onde o delegado Uillian Costa, determinou que a vítima e autor fossem submetidos à exame de corpo de delito, que através de laudo prévio, afastou a hipótese de violência ou lesões aparentes. As partes prestaram depoimento, sendo liberadas enquanto as investigações, que serão remetidas à 140ª DP/Natividade, prosseguem.

Da redação da Rádio Natividade – Foto: Jornalismo/Rádio Natividade