Home / DESTAQUE / Polícia Ambiental constata irregularidades em loteamentos de São José de Ubá

Polícia Ambiental constata irregularidades em loteamentos de São José de Ubá

Após receberem denúncia anônima, policiais ambientais lotados na 3ª UPAm/Parque Desengano se deslocaram até o município de São José de Ubá nesta segunda-feira (05), onde constataram irregularidades em um grande loteamento no local conhecido como Fazenda Bolívia. Segundo o verificado, a área apesar de possuir licença da prefeitura local desde 2014, esta supostamente não estaria de acordo com as regras vigentes, razão pela qual o responsável pelo empreendimento, no qual se verificou ainda a movimentação de terra para aterros, deverá ser autuado.

Ainda segundo a unidade, a licença não continha as condicionantes para a instalação da atividade, bem como não mencionava sequer a quantidade de lotes que poderiam ser implantados, vindo a saber no ato da fiscalização através de uma planta apresentada pelo proprietário, se tratar de cerca de 250 lotes com medições variadas, não sendo identificada também na licença, a demarcação georreferenciada da área objeto da implantação do loteamento. A executivo por sua vez, se manisfestou afirmando que documento foi expedida na gestão anterior e que aparentemente, contém “vícios de legalidade” a serem sanados.

Em um terreno ao lado, pertencente a outra pessoa, os agentes ainda flagraram um segundo aterro em área de curso de água, ou seja, de preservação permanente com a instalação de manilhas para a construção de uma rua de acesso. Na tarde anterior, outra equipe já havia flagrado às margens da RJ 198, no trecho que liga São José de Ubá à Cambuci, uma área de preservação aterrada.  Todos os pontos passarão por perícia, e os envolvidos, intimado à prestar depoimento na 143ª Delegacia, que registrou. Denúncias do gênero podem ser feitas, ainda que anonimamente, através do telefone (22) 2561-3228.

Da redação da Rádio Natividade