Home / DESTAQUE / Mais de dez mil fazem a prova do ENEM em cinco municípios do Noroeste Fluminense
Itaperuna concentra o maior número de inscritos

Mais de dez mil fazem a prova do ENEM em cinco municípios do Noroeste Fluminense

Neste domingo (12), a 2ª fase do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 está sendo aplicado no estado do Rio de Janeiro para 440.836 participantes. O número representa 6,5% do total de 6.731.203 inscritos. Deste total, 10.110 são da Região Noroeste Fluminense, distribuídos entre locais de provas nos municípios de Bom Jesus do Itabapoana (1.837), Itaocara (1.317), Itaperuna (3784), Miracema (1.159) e Santo Antônio de Pádua (2013). Até o fechamento desta matéria, nenhum incidente havia sido registrado nestas cidades.

As provas estão sendo aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 52 municípios fluminenses, um a mais que no ano passado, apesar no número de participantes ser 19,8% menor. No Enem 2016, o estado teve 550.179 participantes. A queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Perfil – No Rio de Janeiro, 39,7% dos participantes são pagantes; 38,7% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função da Lei ou do Decreto e 21,6% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede publica em 2017. Em relação à situação de ensino; 60,1% já concluiu o Ensino Médio; 29,6% é concluinte este ano; e 9,1% concluirá após 2017 (treineiro). Do total de participantes do Rio, 58,9% são mulheres e 41,1% são homens.

Atendimentos – Foram aprovadas 2.589 solicitações de atendimento especializado no Rio de Janeiro. A maioria dos casos é de deficiência física, déficit de atenção e baixa visão. Serão usados 4.602 recursos de acessibilidade, sendo 89 vídeo provas traduzidas em Libras, novidade desta edição. Também serão 1.050 atendimentos específicos, 40,7% para lactantes. O estado teve 31 solicitações aprovadas para atendimento pelo nome social, 22 delas na capital.

Da redação da Rádio Natividade – Foto: Arquivo/Blog Adilson Ribeiro