Home / DESTAQUE / Arte na Praça levou música clássica para o centro de Varre-Sai

Arte na Praça levou música clássica para o centro de Varre-Sai

Acordes clássicos ecoavam na Praça Antônio Camilo, no Centro de Varre-Sai, na noite do último sábado (03). Também teve espaço para a música popular, para a capoeira. Era o Projeto “Arte na Praça” levando música, artesanato e culinária para o centro da cidade. Na segunda edição do Projeto, parte do Programa Cidade da Música, aconteceram shows com o Quarteto, Grupo de Capoeira e Tarcísio Voz e Violão. A Lira Santa Cecília abriu o evento como forma de homenagear os 100 anos da Banda. A próxima edição do Arte na Praça acontecerá dia 01 de julho.

O integrante do Quarteto, Glaudston Baptista Couto (Rimão), lembrou da importância de trabalhar a música não somente para o entretenimento mas para envolver as crianças na Arte.

“Esse projeto é importantíssimo, principalmente para as crianças entenderem o valor da Arte e da Cultura. E para que isso não acabe, precisamos delas e mostrar nosso trabalho e esse valor para que elas continuem essa Arte”, destacou.

O Projeto acontece em um sábado de cada mês e é uma realização da Prefeitura Municipal de Varre-Sai, através das Secretarias Municipais de Turismo e de Educação e Cultura, em parceria com o Sebrae.

A proposta é valorizar os talentos musicais e outras manifestações artísticas e culturais do município e ainda reunir artesanato e culinária local.

O cantor Tarcísio falou dessa valorização dos profissionais do município.

“É uma oportunidade para o pessoal daqui e uma forma de incentivar os músicos, a cultura da cidade e chamar a galera mais nova para participar”, disse.

A artesã Luz Marina Moraes de Oliveira, esteve participando expondo material didático pedagógico em feltro, além de produtos em tricô e croché. E já no primeiro dia de participação, ela ficou feliz em receber encomendas de seus produtos.

“A primeira vez que estou expondo e é uma oportunidade da gente mostrar a nossa arte e tenho a esperança que o Projeto vai ser um sucesso. Estou muito satisfeita em ter recebido encomendas”, ressaltou.

Já Rosane Bendia que estava com uma barraca de comidas típicas do Norte do país, como vatapá, tapioca, além de doces e crepes, destacou a oportunidade econômica promovida pelo Projeto.

“Acho uma oportunidade para Varre-Sai ter um evento desse tipo. Economicamente é uma oportunidade de negócio para as pessoas mostrarem seus produtos e divulgar a cidade em si”, lembrou.

O Projeto atraiu moradores de outros municípios que estavam na cidade. Como Maurício Carmo, de Bom Jesus do Itabapoana, do Grupo Unidos do Pedal, que participaria de um evento de ciclismo no domingo no município.

“O Projeto é muito interessante, com esse clima favorável de Varre-Sai e ambiente familiar”, frisou.

O secretário municipal de Turismo, Adriano de Oliveira Silva, disse que o Projeto está atingindo seus objetivos.

“Na segunda edição do Arte na Praça continuamos comemorando os 100 anos da Lira Santa Cecília com a participação da mesma e outras atrações. E acredito que estamos conseguindo atingir o objetivo e trazer as famílias para a rua e ao mesmo tempo apresentar o que é produzido em Varre-Sai, no artesanato e culinária”, ressaltou o secretário.

O prefeito Silvestre José Gorini lembrou que o projeto fomenta o Turismo e a Cultura.

“O projeto atraiu muita gente de fora, como o pessoal do ciclismo que está aqui. As famílias vieram para a rua e puderam encontrar um bom clima com o vinho, culinária e artesanato local. Parabéns aos secretários de Turismo e Educação pela realização do evento”, afirmou o prefeito.

Da redação com informações do Decom/Silaine Terra – Fotos: Elcinei Borges/Sidney Rocha