Home / DESTAQUE / Tombense perde em casa e fica fora das semifinais do Campeonato Mineiro
Daniel Amorim não fez bom jogo, mas se dedicou muito diante da URT (Foto: Bruno Ribeiro)

Tombense perde em casa e fica fora das semifinais do Campeonato Mineiro

A URT dependia só dela para chegar à semifinal do Campeonato Mineiro e garantir o bicampeonato do interior. Com um primeiro tempo impecável, o time de Patos de Minas foi letal. Marcou dois gols que garantiram a vitória por 2 a 1 sobre o Tombense, na tarde deste domingo, no Almeidão, em Tombos. O Gavião Carcará teve um jogador expulso no fim do primeiro tempo, mas não impediu que o time de Tombos pressionasse na segunda etapa, tentasse pelo menos o O sonho do Tombense chegar á terceira semifinal do Campeonato Mineiro em três anos chegou ao fim após a derrota para a URT, domingo, no Almeidão. Ao final da partida, os jogadores do “Gavião Carcará” mostravam abatimento pela eliminação, mas não poupavam elogios ao adversário, que está entre os quatro melhores time de Minas Gerias pelo segundo ano consecutivo .

De volta à equipe titular no lugar de Tauã, lesionado, Daniel Amorim não foi decisivo como está acostumado a ser. Ele lamentou o resultado e os gols sofridos no primeiro tempo. Porém, o camisa 9 do Gavião fez questão de enaltecer o espírito de luta do time alvirrubro.

– A gente jogou até o final. Eles acertaram os contra-ataques, fizeram os gols e ficou difícil de tirar a diferença. Estamos de parabéns por termos lutado até o final. A gente queria chegar ás semifinais, mas não conseguiu. A Série C é outro campeonato, e todo mundo pode ter certeza que viremos fortes – disse.

Mesmo com a desvantagem de 2 a 0 no placar e de ter um atleta a menos, em razão da expulsão do atacante Alex, ainda na primeira etapa, o Tombense pressionou no segundo tempo e ameaçou empatar a partida. Autor do gol do Gavião, Pedro Castro, um dos melhores em campo, preferiu não comentar muito sobre o resultado, já que disse estar de cabeça quente. Porém, ele reconheceu a competência do time de Patos de Minas.

– Acredito que eles tiveram uma proposta de ficar lá atrás, tiveram duas chances e fizeram os gols. A classificação era possível, tanto pra gente, quanto para eles, que tem um time qualificado como o nosso. Eles foram felizes, concluíram as oportunidades em gol e precisamos ressaltar isso – concluiu.