Home / DESTAQUE / Leitora denuncia suposto uso indevido de caminhão da Secretaria de Agricultura de Natividade

Leitora denuncia suposto uso indevido de caminhão da Secretaria de Agricultura de Natividade

Nesta semana, a redação da Rádio Natividade recebeu denúncia de uma leitora – que se identificou – na qual relatava o suposto uso indevido de um dos caminhões da Secretaria de Agricultura de Natividade. Nas imagens, nota-se alguns homens, que seriam servidores públicos sem nenhum tipo de equipamento de segurança, descarregando galhos no lixão municipal. De acordo com ela, o veículo teria sido adquirido para uso exclusivo no setor de agricultura familiar.

– Esse caminhão que está levando galhos, sofás, entulho e até lixo hospitalar é o da Agricultura, que deveria trabalhar em prol dos agricultores familiares e não levando lixo. Sem contar que os funcionários estão indo neste lugar sem equipamentos de proteção individual. Eles têm o direito da insalubridade. Essas pessoas estão vulneráveis e expostas a várias doenças. Eu tenho uma foto com mais funcionários, mais estou com medo de serem demitidos, – denunciou.

A emissora, por telefone, conversou com o secretario municipal de Agricultura, Celso Luiz de Almeida Júnior, que admitiu que em razão do momento difícil pelo qual passa o município, de fato, eventualmente o veículo em questão está dando auxílio ao setor de limpeza e que não há, nada de ilegal nisso.

– Para você ter uma ideia, esse caminhão é ano 2003 e o período de obrigatoriedade de prestação de serviço exclusivo, já se expirou há muito tempo. Não nenhum tipo de impedimento legal. Outro detalhe: Ele é usado para recolher o lixo apenas nas horas em que não há serviço na agricultura e em momento algum, qualquer produtor ficou sem ser atendido por causa disso.O caminhão  é liberado somente para pegar galhos e restos de podas de árvore. O lixo hospitalar tem uma empresa responsável pela coleta. Esse tipo de lixo tem de ser descartado separadamente, portanto, essa informação de que nosso caminhão está recolhendo este material não é verdadeira. E tem mais, o que não pode é um caminhão ficar disponível para atender apenas uma única pessoa, como tem gente querendo por aí. Tenho na secretaria, um relatório de atendimento mensal que está à disposição de todos e só chegar e conferir, – destacou.

Da redação da Rádio Natividade