Home / DESTAQUE / Festa de aniversário termina em homicídio no distrito de Raposo, Itaperuna

Festa de aniversário termina em homicídio no distrito de Raposo, Itaperuna

Uma festa de aniversário terminou em tragédia, na noite deste domingo (25), no interior de um sítio na região da Nova Grécia, zona rural de Raposo, distrito de Itaperuna. De acordo testemunhas, o imóvel teria sido alugado pelo grupo para a confraternização e que a confusão, teria começado após a esposa de um dos participantes, ter se queixado de ter sido supostamente assediada, dando início a uma confusão entre alguns homens, que de início foi contida, mas que voltaram a enfrentar cerca de uma hora depois.

Neste instante, o suspeito desferiu pelo menos três golpes de faca no tórax, pescoço e costas de Ângelo Oliveira dos Reis, de 35 anos, caseiro do próprio Sítio Miraflores, que chegou a ser socorrido ao Pronto Socorro de Eugenópolis (MG), mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de dar entrada na unidade. O corpo foi removido ao IML de Muriaé.

O caso foi repassado ao 29º BPM, que realizou diligências e deteve Carlos Henrique Ribeiro, também de 35, em sua residência, na Rua Cubatão, Raposo e o apresentou ao plantão de área da 139ª Delegacia de Porciúncula, onde acabou autuado em flagrante pelo delegado Uilian da Costa.

– A festa começou no início da tarde e corria tudo normalmente, mas por volta das 20h a esposa de um dos participantes, disse ao marido que, Ângelo havia lhe “passado a mão” enquanto estava na fila do banheiro e começou a confusão, que ainda foi contida pelos demais frequentadores. Acontece que cerca de uma hora depois, eles voltaram a se estranhar e a vítima, foi jogada ao chão e chutada diversas vezes. Quando perceberam, ele estava sangrando. Foi socorrido à Eugenópolis que é mais próximo, mas já era tarde e ele já chegou morto, – destacou relato da PM mineira.

A versão do suspeito:

Em depoimento Carlos Henrique, alegou que fora junto com a esposa e amigos ao churrasco de aniversário de um amigo, chegando ao local às 15h e que todo corria sem problemas, até que Ângelo por volta das 20h, já bastante alcoolizado teria “passado a mão”, nas nádegas de sua concunhada enquanto essa, aguardava para usar o banheiro, além de ter ameaçado agredir outra mulher que o repreendeu por tal. E que a partir daí, ele Carlos, resolveu intervir. Mas apesar da discussão, os ânimos serenaram até que minutos depois, a confusão recomeçou e um grupo de quatro ou cinco homens, tentou lhe agredir e para se defender, desferiu com a faca que estava sobre a mesa, vários golpes à esmo, não sabendo dizer se havia atingido alguém. O suspeito, que foi preso no início da madrugada de hoje, ainda acrescentou que só instantes depois, percebeu Ângelo ferido e sangrando bastante e que ainda, com o auxílio de outros frequentadores, o colocou no carro para socorrê-lo até unidade de saúde, aonde já chegou sem vida.

As roupas usadas pelo envolvido, que tem dois filhos de 12 e 13 anos, foram apreendidas, mas a faca não havia sido localizada até o fechamento desta matéria. Uma segunda vítima, que tentou apartar a briga, sofreu cortes superficiais no braço, recebendo atendimento no Hospital São José do Avaí. O suspeito, que já se encontra na Casa de Custódia de Itaperuna, foi reconhecido pela esposa da vítima, que também se encontrava no local dos fatos.

Atualização às 16h