Home / NATIVIDADE AGORA / Morre natividadense transferido para hospital de Muriaé (MG)

Morre natividadense transferido para hospital de Muriaé (MG)

Faleceu na madrugada deste domingo (06), o paciente Rogério Pimentel da Silva, de 29 anos, internado desde o final da noite da última quinta-feira (03), em estado grave no Hospital Prontocor, de Muriaé, Minas Gerais. Ele se encontrava em estado grave e não resistiu a uma parada cardíaca. O caso do jovem, que permaneceu cerca de 36 horas aguardando um vaga de CTI, mobilizou a sociedade, depois que o drama foi levado à público pela Rádio Natividade. A família, que já está providenciando o translado do corpo, não definiu o horário de sepultamento.

Atualização: O velório acontecerá na Igreja Assembleia de Deus Brás de Pina, no bairro Morada do Engenho, Natividade e sepultamento às 17h no cemitério municipal de Varre-Sai.

RELEMBRE:

Drama: Natividadense entre a vida e a morte, necessita de hemodiálise urgente!

A Rádio Natividade recebeu na tarde desta quinta-feira (03), o pedido dramático de ajuda da família de Rogério Pimentel da Silva, de 29 anos, recentemente submetido a cirurgia de vesícula há cerca de duas semanas, no Hospital Beneficência Portuguesa, em Campos dos Goytacazes.

– Ele tem insuficiência renal crônica e recebeu alta neste último domingo e veio para casa, no bairro da Linha. Acontece que desde então, começou a inchar muito e o levamos ontem (02), para o P.U de Natividade, onde o médico falou que ele precisava com urgência de hemodiálise. Acontece que ninguém está conseguindo vaga e lugar nenhum e a cada hora que passa ele piora ainda mais. O próprio pessoal do hospital falou que se não for rápida a transferência, corre o risco de morrer, porque o rim parou. Não sabemos mais o que fazer, – disse  entre lágrimas o irmão mais novo, Rosinei Pimentel, de 22 (foto).

A equipe do Hospital Natividade (HN) informou que desde ontem, lançou o paciente na central de regulação, mas até o fechamento desta,matéria às 18h, a resposta era de que não havia vaga.

– Estamos lutando desde ontem. Ligamos para todos os hospitais da região que oferecem este serviço, mas nenhum deles aceitou recebe-lo por falta de leitos, – destacou Élvia Saraiva, um das diretoras do HN.

A emissora também falou com o secretário municipal de Saúde, Rafael Capita, que disse que sua equipe estão de plantão e não está medido esforços para conseguiu o tratamento.

– Mantivemos contato com unidades do Norte e Noroeste Fluminense e até nos dispusemos a arcar com os custos de uma internação particular. Falei com o São José do Avaí e disse que realizava, inclusive, pagamento antecipado de R$ 20 mil. Mas nem particular conseguimos a vaga. Estamos tentando de todas as formas e agora, estou aguardando retorno do Hospital da Unimed, – afirmou Capita.

Depois da matéria publica, enfim a transferência:

Finalmente foi transferido na noite desta quinta-feira (03), o natividadense Rogério Pimentel da Silva, que desde ontem aguardava no pronto socorro do Hospital Natividade, transferência para uma unidade de alta complexidade. A Rádio Natividade publicou matéria, relatando o drama da família, que lutava para driblar a burocracia e conseguir uma vaga para a realização de hemodiálise.

Logo após o texto ter sido levado ao ar, inúmeras pessoas foram até a o P.U prestar solidariedade, entre quais políticos e anônimos. Por volta das 20h, o secretário municipal de Saúde, Rafael Capita por telefone (e depois passou a acompanhar pessoalmente o caso com sua equipe), informou à reportagem da Rádio Natividade, que Rogério seria transferido ao Hospital Prontocor de Muriaé (MG) e que os custos seriam arcados pela prefeitura. Cerca de 40 minutos depois, uma UTI com a equipe de remoção, já o levava para a cidade mineira. De acordo com médicos seu estado é considerado gravíssimo.

Da redação da Rádio Natividade – Fotos e reportagem Vanderson Garcia/Rádio Natividade