Home / DESTAQUE / Acidente Vascular Cerebral é tema de audiência pública em Itaperuna

Acidente Vascular Cerebral é tema de audiência pública em Itaperuna

Uma parceria entre a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado (Cosems/RJ), levou ao município de Itaperuna, no Noroeste Fluminense, a discussão sobre uma doença que mata mais de 100 mil pessoas por ano no país. O Painel AVC Brasil, realizado no formato de audiência pública, aconteceu na última quinta-feira (15), no Hospital São José do Avaí, com o tema “Modelagem da Rede e Estruturação dos Centros Especializados do AVC”, tendo como embasamento legal as portarias do Ministério da Saúde 664 e 665/2012 e 800/2015.

O presidente da Comissão de Saúde, deputado estadual Jair Bittencourt, ressaltou a importância de se tratar do tema e da busca por um modelo de atuação que integre os municípios do Noroeste Fluminense em uma rede de auxílio mútuo.

– Infelizmente, a saúde no Brasil e no estado passa por dificuldades financeiras, no entanto, muitas vezes o problema não está apenas na falta de recursos, mas está também na falta de um modelo de trabalho, de um melhor preparo de profissionais e ainda na ausência de uma atuação política de nós que representamos a população. A Comissão de Saúde tem procurado cumprir seu papel fiscalizando, questionando, debatendo com o governo e cobrando a aplicação dos recursos. E sabemos que precisamos de uma atuação ainda maior! O passo que estamos dando hoje, ao abrir o debate sobre o tema AVC (Acidente Vascular Cerebral) será o primeiro de muitos que ainda virão – afirmou o deputado.

Jair Bittencourt destacou também o serviço de ponta ofertado pelo Hospital São José do Avaí e o fato de Itaperuna ser o primeiro município do estado a receber o Painel AVC Brasil.

 Um modelo a ser seguido

O neurologista Dr. Sávio Boechat, de Itaperuna, abordou em sua palestra os desafios no tratamento adequado do AVC Isquêmico no Noroeste Fluminense e as barreiras a serem vencidas para a implantação de uma rede de atendimento ao paciente com AVC como transporte dos pacientes com estrutura adequada, pessoal treinado e sobrecarga ao Hospital São José do Avaí.

A neurologista do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre/RS, Dra. Sheila Martins, apresentou um panorama atual do AVC no Brasil e o modelo de atuação reconhecido internacionalmente implantado, com sucesso, por ela e sua equipe. Uma atuação que envolve diversos hospitais e profissionais trabalhando em conjunto com uma logística eficiente de transporte de pacientes entre as unidades e capacitação de pessoal, o que leva diversas vidas a serem salvas pela agilidade no socorro e cuidados adequados.

– Durante muito tempo, grande parte dos recursos do Governo eram utilizados para pagar o tratamento das complicações e da incapacidade pós-AVC, mas isso está mudando. Através da criação de unidades de AVC, com uma área definida dentro dos hospitais, com leitos e equipe multidisciplinar especializada, os pacientes são melhor monitorados, recebem o tratamento mais rápido e saem mais precocemente do leito – explicou Dra. Sheila Martins, que é diretora da Rede Brasil AVC.

Participaram da audiência pública: o prefeito de Itaperuna, Alfredo Paulo Marques Rodrigues; o presidente do Hospital São José do Avaí, Dr. Renan Catarina Tinoco; o representante do serviço de neurologia do Hospital, Dr. Carlos Maurício Siqueira; além de médicos, representantes de unidades de saúde e de universidades.

Da redação da Rádio Natividade com Ascom

audiencia-publica dr-carlos-mauricio dr-renan-tinoco dra-sheila-martins jair-bittencourt-1-1 palestrantes-e-alguns-participantes