Home / DESTAQUE / Deputado Jair Bittencourt fala sobre o fechamento do IML de Itaperuna – OUÇA

Deputado Jair Bittencourt fala sobre o fechamento do IML de Itaperuna – OUÇA

O tema Instituto Médico Legal (IML) foi discutido pelo deputado estadual Jair Bittencourt durante recente entrevista concedida à emissoras de rádio de Itaperuna, na qual buscou esclarecer sua atuação parlamentar diante do fechamento do IML do município, cujo atendimento foi transferido para Santo Antônio de Pádua, que agora é responsável por toda a região.

A decisão a respeito da transferência, tomada há alguns dias pelo Departamento Geral de Polícia Técnico Científica (DGPTC), surpreendeu a todos, população e autoridades regionais.

-Imediatamente entramos em contato com o Governo do Estado para solicitar que fosse revertida a situação de Itaperuna. Diversos IMLs estão sendo fechados no estado do Rio por falta de profissionais, pois o Governo há vários anos não repõe seu quadro de funcionários. Já conseguimos a garantia do diretor do IML no estado e do chefe da Polícia Civil de que o IML de Itaperuna será reaberto – afirmou Jair Bittencourt.

 Municípios em parceria

Aconteceu recentemente no município de Itaperuna uma importante reunião intermediada pelo deputado, na qual estiveram presentes: o representante do diretor do IML Sede, Gustavo Carvalho; o prefeito de Itaperuna, Alfredão; e o prefeito de Pádua, Josias Quintal. O entendimento é lutar para que os dois municípios possam continuar com o serviço.

_ Não queremos fechar em Pádua para reabrir em Itaperuna. Queremos que os dois ofereçam o serviço. Sabemos que a manutenção desses órgãos é um papel que deve ser cumprido pelo Estado, mas, como não queremos que a população seja penalizada pela crise, estamos incentivando os municípios a ajudar. E eles estão se comprometendo, seja cedendo funcionários, quando a lei assim permite; seja colaborando com a remuneração de horas extras para funcionários que já fazem parte do quadro, cujos trabalhos não podem ser executados por profissionais cedidos. Nossa luta tem sido constante para que a situação possa ser normalizada o mais rápido possível – declarou o deputado estadual.