Home / DESTAQUE / Lavrador morre afogado na zona rural de Porciúncula

Lavrador morre afogado na zona rural de Porciúncula

Bombeiros do destacamento 4/21 de Natividade, resgatam na tarde desta quinta-feira (23), o corpo do lavrador Alexandro Nunes da Silva, de 32 anos (detalhe na foto), que se afogou nas águas no Rio Carangola, na Fazenda Alambique, onde trabalhava, na zona rural de Porciúncula. De acordo com informações obtidas pela reportagem da Rádio Natividade junto a testemunhas no local, a vítima teria atravessado o leito com o intuito de verificar alguns bovinos que estavam na margem oposta. No entanto, teria afundado no meio do caminho.

– Trabalhamos junto há algum tempo e ainda cheguei a ver subindo e descendo, mas quando corri para tentar socorre, quando ele afundo e sumiu, – revelou um dos colegas, que acrescentou que a Alexandro tirou bota, calça e camisa (ficando apenas de cueca)para não molha-la as deixando próximo.

Militares ao chegarem ao ponto, distante cerca de cinco quilômetros do centro da cidade, iniciaram buscas, localizando o cadáver há cerca de três metros de profundidade. Peritos do Posto de Polícia Técnica Científica de Itaperuna, eram aguardados para liberar a remoção do corpo pelo rabecão até o IML.

A dona de casa Cleuza Maria da Silva, viúva da vítima, chegou logo depois, acompanhada da sogra e da filha de criação e se mostrava desconsolada.

– Nem estou acreditando no que aconteceu. Estamos juntos a pouco mais de um ano, mais era um companheiro exemplar, muito carinhoso e atencioso comigo e com todos mais. Ele saiu de casa hoje por volta das 7h, me deu um beijo como sempre fazia e veio para o trabalho à pé, já que a bicicleta tinha quebrado. Vai fazer muita falta! – Lamentou.

Da redação da Rádio Natividade – Fotos: Vanderson Garcia/Rádio Natividade

DSC_9500 DSC_9502 DSC_9503 DSC_9504 DSC_9505 DSC_9514 DSC_9534 DSC_9497 DSC_9523