Home / DESTAQUE / Músico presta queixa na delegacia contra vereadora de Natividade

Músico presta queixa na delegacia contra vereadora de Natividade

O músico Saulo Marthuchelli Dias, de 49 anos, procurou a 140ª Delegacia e prestou queixa nesta sexta-feira (06), contra a vereadora Ivete Bohrer Kabouk (PT), a acusando de injúria. De acordo com ele, a parlamentar teria através da rede social Facebook, o taxado de mau caráter. O comentário seria uma resposta a um comentário de Saulo, que reclamava o fato de uma empresa de sonorização da região dos Lagos, ter vencido a licitação para prestar serviços durante todo o ano na cidade. A política deverá ser intimada à prestar esclarecimentos.

O comentário de Saulo 25/04:

“QUERIDOS AMIGOS E IRMÃOS DE NATIVIDADE, VENHO COMPARTILHAR COM VOCÊS COMO ESTOU INDIGNADO COM ESSE ” GOVERNO SACANA DE NATIVIDADE “. SEI QUE MUITOS TAMBÉM ESTÃO SOFRENDO A MESMA INJUSTIÇA, POR ISSO VENHO A PÚBLICO PEDIR PARA NOS UNIR-MOS E ACABAR COM ESSA SACANAGEM NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

TANTOS NATIVIDADENSES PRECISANDO DE EMPREGO E A NOSSA PREFEITURA CHEIA DE GENTE DE FORA, E PRA PIORAR AGORA TRAZEM FIRMAS DE FORA, DE LONGE E MUITO MAIS CARAS PRA FAZEREM OS NOSSOS SERVIÇOS. TODOS SABEM QUE TRABALHO COM SONORIZAÇÃO, SOU PAI DE FAMÍLIA E PRECISO TRABALHAR COMO TODOS, PORQUE A PREFEITURA ESTÁ TRAZENDO UMA FIRMA DE SOM DE “MACAÉ, COM OS SERVIÇOS MUITO MAIS CAROS QUE OS MEUS, SENDO QUE RECLAMA O TEMPO TODO POR FALTA DE DINHEIRO? TÁ MUITO ESTRANHO ISTO !!!! SEM FALAR QUE ME DEVEM O CARNAVAL DO ANO PASSADO (2015) ATÉ HOJE E NÃO TENHO ESPERANÇA DE RECEBER COM ESSE GOVERNO. PÔXA TRABALHO PARA SUSTENTAR MINHA FAMÍLIA, PECISO RECEBER. PEÇO A TODOS QUE LEREM ESTE DESABAFO “COMPARTILHEM” E ADJUDE A NÓS TODOS A NOS LIVRAR-MOS DESSE GOVERNO. MUITO OBRIGADO, UM ABRAÇO A TODOS!!!!”

A resposta da vereadora 27/04:

“Resposta ao comentário do mau caráter do Saulo Marthuchelli Dias. Que no governo passado tinha um talão de notas, em nome de terceiro para emitir notas conforme apurado na CPI DA Câmara EM 2O14.

Recebo com estranheza a fala do nosso amigo Saulo, vez que já conversamos sobre tal questão pessoalmente. Todavia, como desabafo merece respeito toda e qualquer expressão, entretanto faltam alguns dados sobre a questão que seria justo que fossem mencionados. Senão vejamos: A PMN realiza eventos, tais como Festa de Setembro e EXPO, e apoia com estrutura outros como festa da Água Santa, festas de bairro, encenação da paixão de cristo e etc. Bem como manda Lei 8666/93 a Prefeitura realizou PROCESSO LICITATÓRIO PARA CONTRAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SONORIZAÇÃO. Não é possível proibir a participação de empresas de outra cidade em licitações, vez que a concorrência deve ser ampla e LIVRE. Nosso amigo Saulo afirma que seus preços são melhores, todavia a sua empresa estranhamente NÃO PARTICIPOU DO CERTAME. Razão pela qual não venceu a licitação, lógico. Em segundo lugar é importante afirmar sobre o carnaval de 2015, que NÃO HÁ JUNTO À PMN qualquer nota em aberto em nome da empresa do Saulo, que foi subcontratada por uma empresa também de fora, esta sim credora do município em quantia superior a 100 MIL REAIS, algo inexplicável para quem se lembra da simplicidade dos festejos daquele ano. Desta feita tal processo passa por análise e auditoria. Gostaria ainda de dizer que sei da honradez do amigo Saulo, e sei que ele jamais compactuaria com algum ilícito, razão pela qual não pode questionar processo licitatório regular e legal. Por fim gostaria de lembra-lo que os “jeitinhos” de outros governos quase lhe colocaram em maus lençóis, visto que sua empresa foi citada por um investigado em CPI por suposta fraude em licitação, tendo inclusive que depor junto à Polícia por tal fato. Algo injusto com toda certeza. Quero dizer que há espaço para todas as empresas natividadenses prestarem serviços à administração Pública, mas precisa participar da licitação, então fiquemos atentos aos próximos editais. Um abraço.”

Da redação da Rádio Natividade – Textos retirados das páginas pessoais dos envolvidos