Home / DESTAQUE / Policial militar é brutalmente agredido após ter capacete furtado durante o carnaval de Porciúncula

Policial militar é brutalmente agredido após ter capacete furtado durante o carnaval de Porciúncula

O policial militar Mayron Brum Prevatto, de 24 anos, foi brutalmente agredido por pelo menos dois elementos, durante a madrugada desta terça-feira (09), na região central de Porciúncula. O militar, que seria lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), do Morro da Mangueira, na capital fluminense, estava de folga, assistia a passagem de um dos blocos carnavalescos, quando notou que seu capacete teria sido furtado.

Ao questionar um suspeito, foi agredido por este, sendo lançado ao solo e atacado ainda por um segundo elemento, com chutes e socos, que lhe causaram graves lesões pelo corpo. Socorrido inicialmente ao Posto de Urgência Municipal (foto), o PM acabou transferido ao Hospital São José do Avaí, onde deverá ser submetido à cirurgia ortopédica para corrigir uma fratura do maxilar. Os agressores já estariam identificados. O registro seguiu para a 139ª Delegacia. Em entrevista à redação da Rádio Natividade, o delegado Uilian Costa, afirmou que o caso está sendo investigado.

– Ainda é muito cedo para tirar conclusões, pois estamos começando a ouvir testemunhas e a investigar. Mas a princípio, trata-se de um caso de furto, seguido de lesão corporal. Agora, para definir o tipo de lesão, simples ou grave, antes é necessário o resultado do exame de corpo de delito do IML, que definirá a magnitude da agressão. No entanto, creio que já na próxima semana, a situação já esteja um pouco mais esclarecida, – destacou a autoridade, que revelou ainda, que o carnaval da cidade, em linhas gerais, transcorreu de maneira tranquila e que este, teria sido o caso de maior vulto.

Da redação da Rádio Natividade – Foto: Vanderson Garcia/Rádio Natividade