Home / DESTAQUE / Situação de unidades de Saúde é discutida em audiência pública realizada pelo deputado Jair Bittencourt

Situação de unidades de Saúde é discutida em audiência pública realizada pelo deputado Jair Bittencourt

No início desta semana, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), presidida pelo deputado Jair Bittencourt, promoveu uma audiência pública para discutir, com representantes das regiões Norte e Noroeste Fluminense, a situação do atendimento nas unidades de saúde. A reunião, que aconteceu na Câmara de Vereadores do município de Campos dos Goytacazes, teve início às 14h e contou com a participação de deputados, representantes dos governos estadual e municipal, secretários de saúde do Norte e do Noroeste, diretores de hospitais, de empresas privadas que prestam serviços ao poder público e da população.

– Queremos saber como o serviço de saúde está sendo prestado no Norte e Noroeste do Estado e quais são as necessidades dessas regiões. Há muitas reclamações sobre o setor e nós temos a obrigação de ouvir. É muito difícil para a população do interior conseguir ir à Alerj, conseguir ir às reuniões da Comissão de Saúde para fazer seus questionamentos. Dessa forma, a Comissão tem a obrigação de ir até as pessoas, de apurar, de ouvir e, principalmente, de encaminhar as demandas aos órgãos competentes – afirmou o presidente da Comissão, deputado Jair Bittencourt.

Na audiência pública foram tratados diversos assuntos referentes às carências na área de saúde, entre elas o atraso no repasses de verbas, o atraso de salários, a falta de medicamentos e de vacinas. Vereadores, instituições de saúde locais e representantes dos médicos entregaram ao deputado documentos que serão analisados na Comissão.

Jair Bittencourt informou que vai continuar visitando outros municípios para discutir a situação da rede pública de saúde. Segundo ele, os problemas se repetem em diversas cidades e algo precisa ser feito para que os pacientes possam receber do poder público o tratamento ao qual têm direito garantido constitucionalmente.

Da redação com Ascom – Fotos: Rafael Wallace

jair 02 jair 03