Home / DESTAQUE / Detro promove audiência púbica para debater o transporte público na Região Noroeste Fluminense

Detro promove audiência púbica para debater o transporte público na Região Noroeste Fluminense

Aconteceu na manhã desta terça-feira (10/11), a sexta audiência pública para debater a licitação do sistema de ônibus intermunicipal. Promovido pela Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), por meio do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), o evento ocorreu no Sesi de Itaperuna, entre 10h e 13h. Com o total de 46 pessoas presentes, o evento contou representantes da sociedade civil, usuários do transporte, administradores públicos, entidades patronais e laborais.

A manutenção das gratuidades, os requisitos para as empresas que poderão concorrer à licitação, critérios para reajustes tarifários, a integração com diversos modais e obrigatoriedade de banheiros em ônibus de longa viagem foram alguns dos itens levantados entre as 21 questões analisadas pela equipe de elaboração do edital da concorrência.

Durante a reunião, a população teve acesso às projeções e definições dos lotes de regiões que serão licitados e a diversas exigências que deverão ser cumpridas pelas candidatas. Uma equipe do Detro esclareceu aos presentes como funcionam o Serviço de Inteligência e Monitoramento (SIM) e os canais de comunicação com os passageiros, como Whatsapp Fale Detro e aplicativo Fiscal de Bolso.

“A licitação está acontecendo justamente para dar mais garantias e respaldo, o que acarretará em mais investimentos em melhorias na frota e, consequentemente, no serviço prestado. Além disso, nossas novas plataformas tecnológicas farão diferença no atendimento aos usuários do transporte intermunicipal e na fiscalização”, afirmou presidente do Detro, Carlos Luiz Martins.

Sérgio Gustavo, técnico da Fundação Getúlio Vargas (FGV), ressaltou as qualidades mínimas que uma empresa deve ter para participar da licitação.

“Apenas empresas com experiência mínima de cinco anos no setor de transportes podem concorrer. Em Itaperuna, existe demanda por diversas linhas, devido ao fato de o município ser uma área central da região Noroeste. Por isso, todas as informações colhidas são importantíssimas para a elaboração do estudo”, declarou o técnico.

As audiências públicas são o primeiro passo do processo que contratará operadores para atuarem no sistema de transporte coletivo público por ônibus no Estado do Rio de Janeiro. O projeto prevê a licitação para empresas ou consórcios por 20 anos e maior integração com os demais modais, racionalizando os trajetos e melhorando o serviço aos usuários. As empresas ou consórcios interessados em participar da licitação terão que cumprir as exigências de qualificação técnica estabelecidas pelo Governo do Estado e a concorrência será definida pelo maior valor de outorga. Esta é a primeira vez que um processo licitatório dessas características é realizado pelo Governo do Estado.

Da redação da Rádio Natividade