Home / NATIVIDADE AGORA / Com salários atrasados, funcionários da Veloz fazem manifestação em frente à prefeitura

Com salários atrasados, funcionários da Veloz fazem manifestação em frente à prefeitura

Com salários atrasados há cerca de duas semanas, parte dos cerca de 70 funcionários da companhia Veloz Tecnologia e Construção, terceirizada responsável pela limpeza urbana de Natividade, saíram em caminhada e se concentraram na manhã desta sexta-feira (16) em frente à sede da prefeitura, onde reivindicavam a quitação imediata de seus vencimentos.

Uma comissão de três servidores foi recebida pela secretária de Planejamento, Administração e Finanças, Cláudia Márcia Mendonça, que lhes informou que o executivo já havia depositado instantes antes, cerca de R$ 175.000 na conta da empresa.

– Recebemos a comissão de funcionários e mostramos que a prefeitura está em dia com a empresa. De acordo com o contrato, nós temos até 30 dias de prazo para pagar. Levando isso em conta, como hoje é dia 16, teríamos até o final do mês para quitar, mas em razão da dificuldade, pagamos antecipado. Acontece que eles (empresa) estavam acostumados a receber antes de vencer o mês, o que não acho correto. O certo é fazer o serviço, que passará pelo crivo dos fiscais e depois será pago. A empresa tem que ter caixa para arcar com seus funcionários- destacou a titular da pasta.

Com a informação de que o dinheiro já havia sido repassado pela prefeitura, os funcionários seguiram para a sede da Veloz, onde aguardam que os valores sejam depositados em suas contas.

 

 

A secretária recebeu a Rádio Natividade e apresentou documentos ( abaixo)
A secretária recebeu a Rádio Natividade e apresentou documentos ( abaixo)
Secretária apresentou comprovante de depósito realizada na manhã desta sexta-feira na conta da empresa
Secretária apresentou comprovante de depósito realizada na manhã desta sexta-feira na conta da empresa
Contrato diz que PMN tem 30 dias para quitar os valores com a companhia
Contrato diz que PMN tem 30 dias para quitar os valores com a companhia
Prefeitura notificou a a empresa, afirmando que não aceitará mais este tipo de pressão
Prefeitura notificou a a empresa, afirmando que não aceitará mais este tipo de pressão

 

O conflito também foi mediado pelos vereadores Luizinho Costa e o presidente da Câmara, Robson do Açougue, que acompanharam os protestos.

OUÇA A ENTREVISTA COM OS VEREADORES:

 

 

 

Presidente da Câmara, Robson do Açougue acompanhou o protesto
Presidente da Câmara, Robson do Açougue acompanhou o protesto
Luizinho Costa auxiliou na mediação do comflito
Luizinho Costa auxiliou na mediação do conflito

DSC_8971 DSC_8972 DSC_8973 DSC_8974 DSC_8975 DSC_8976 DSC_8977 DSC_8978