Home / DESTAQUE / Operação do Esquadrão Antibombas e CORE, recolhe artefato explosivo encontrado em Natividade

Operação do Esquadrão Antibombas e CORE, recolhe artefato explosivo encontrado em Natividade

Uma operação montada no final da manhã desta quinta-feira (08) recolheu dois artefatos explosivos – possivelmente fogos de artifícios semelhantes aos usados no réveillon carioca – encontrados abandonados na tarde de ontem, no bairro Liberdade, Natividade.

Por volta das 10h, um helicóptero com agentes da Coordenadoria de Operações Especiais (CORE), grupo de elite da Polícia Civil e do Esquadrão Antibombas pousou no Estádio Carmo Arenari Filho. De lá, um dos especialistas seguiu para a 140ª Delegacia Legal, onde recolheu o material, que devidamente acondicionado em uma caixa especial, seguiu para a capital fluminense, onde deverá ser periciado e detonado.

A ação, que foi comandada pelo delegado Gésner César Bruno e contou com apoio dos inspetores Flávio Macedo, Bruno Bastos e Rodrigo Ladeira, despertou a atenção da população e no final, se acabou se transformando em atração, principalmente para as crianças, que fizeram questão de posar ao lado da aeronave blindada.

Da redação da Rádio Natividade – Fotos: Antônio Neto/Rádio Natividade

DSC_8657 DSC_8658 DSC_8660 DSC_8662 DSC_8664 DSC_8665 DSC_8666 DSC_8667 DSC_8668 DSC_8650 DSC_8652 DSC_8654 DSC_8655

RELEMBRE O CASO:

Dois artefatos supostamente explosivos foram encontrados abandonados no início da tarde desta quarta-feira (07), na Rua José de Lannes Dantas Brandão, no bairro Liberdade, Natividade. Um pedestre, que passava pelo local, encontrou o material ao lado de duas crianças que jogavam bola de gude, ao lado do antigo matadouro municipal e preocupado, ele acionou uma assistente social que trabalha no CAPS, que por sua vez, pediu ajuda ao policial militar Edson Clayton Gomes, que mesmo de folga, passou a acompanhar o caso e comunicou às demais autoridades.

O material foi removido à local seguro na sede da 140ª Delegacia Legal, que já acionou a Coordenadoria de Operações Especiais da Polícia Civil (CORE), que deverá desembarcar na cidade na manhã desta quinta-feira (08) e examinar os artefatos.

Com base nas fotos que foram obtidas com exclusividade pela Rádio Natividade, a emissora descobriu que os produtos – que poderiam se tratar de fogos de artifício – teriam sido fabricados pela empresa “Igual Pirotecnia”, companhia espanhola com sede em Barcelona, que entre outros eventos, teria sido responsável por alguns réveillons do Rio de Janeiro. A redação entrou em contato com representantes da empresa no Brasil e enviou as imagens para que seus técnicos pudessem analisá-las. No entanto, até o fechamento desta matéria, ainda não havíamos recebido retorno dos questionamentos.

Da redação da Rádio Natividade – Fotos: Vanderson Garcia/Rádio Natividade

SAM_0635 SAM_0637