Home / NATIVIDADE AGORA / Ônibus supostamente perde freio e assusta passageiros no distrito de Ourânia

Ônibus supostamente perde freio e assusta passageiros no distrito de Ourânia

Uma suposta falha mecânica em um ônibus da Empresa Bola Branca, assustou passageiros que eram transportados na linha que faz o percurso Bom Jesus do Querendo – Natividade, na manhã desta segunda-feira (17). A redação da Rádio Natividade recebeu diversas mensagens de usuários, que relataram que a viagem seguia normalmente, quando repentinamente o coletivo, já descendo a serra de Ourânia, ficou sem os freios, fazendo com que o motorista precisassem usar de toda a técnica para manter o carro sob controle, até que chegasse em local seguro.

– Por volta das 09:30h,na descida da serra para Ourânia, do nada o freio acabou. Foi preciso que o motorista ficasse jogando o ônibus para a lateral da estrada para diminuir a velocidade. Fou batendo nos meios-fios, derrubando placa até chegar até a praça de Ourânia. Foi muito tenso e assustador. Faço apelo às autoridades de Natividade para passem a fiscalizar o estado de conservação dos ônibus dessa empresa, que carrega diariamente muitas vidas de pessoas que precisam sair dos distritos para trabalhar. Para se ter uma ideia, havia inclusive um bebê dentro do carro -, destacou um dos leitores através do aplicativo WhatsApp.

Já uma jovem, também moradora de Bom Jesus do Querendo, afirmou que o problema não é novidade.

– Esta não é a primeira vez que ficamos a pé. Na sexta, por exemplo, não teve horário da manhã por que estava quebrado. Nós usuários, que pagamos passagem, pedimos que coloquem um ônibus decente e com as mínimas condições de segurança. A prefeitura é quem deveria fiscalizar. Até porque, trata-se de uma concessão pública do município, – disse outra leitora indignada.

Informações de moradores da zona rural de Ourânia, também reclamam que desde a semana passada estão sem transporte, pois o coletivo que faz o itinerário Natividade – Avai, Itaperuna, está com defeito e ainda não foi consertado ou substituído. A emissora tentou durante toda a manhã contato com a empresa, mas o telefone que consta com sendo de atendimento público, só indicava sinal de ocupado.

Da redação da Rádio Natividade